Sobre                        Contato                        Arquivo

Bolsa turismo

Eduardo Graeff, 28/12/11

image

O real artificialmente valorizado é um verdadeiro programa de transferência de renda - do Brasil para Miami.

The New York Times publicou flagrantes dessa alegre invasão. Clique na foto acima para ver o slide show.

Dados do NYT: os Estados Unidos receberam 1,5 milhão de turistas brasileiros em 2011. Quase todos foram para Florida. Deixaram lá quase US$5 mil por cabeça. Os mais abonados compram imóveis, carros, barcos etc.

Sim, eu sou um dos felizes contemplados pela bolsa turismo. O que não me impede de ver que isso não vai longe.

Vontade de ir curtir minha preocupação em Nova York e aproveitar a raspa do tacho…

economia · câmbio, consumo, eua
Twittar   Compartilhar   Enviar   Imprimir  

Corrupção de Sarney a Lula

image O ebook Corrupção de Sarney a Lula pode ser baixado gratuitamente em três formatos: PDF (para imprimir), EPUB (para iPad) e MOBI (para Kindle). Uma versão em inglês (capa acima) está a venda na Amazon.com.

Posts recentes


De volta às bravatas

De 180 países, 112 cresceram mais que o Brasil em 2012-2013. Inclusive a maioria dos países da América Latina.

Cesáreas forçadas

Qualquer manifestação que rompa o silêncio das autoridades e profissionais da saúde sobre esse a frequência absurda das cesáreas é benvinda.

Flores da clandestinidade

O enfraquecimento político da igreja e o empoderamento das mulheres engrossaram o véu da clandestinidade sobre as escapadas dos padres. No escuro, desejos mais exóticos desabrocharam.

Fisiologismo sem cerimônia

Se nem os aliados do governo no Congresso acreditam nas promessas de austeridade fiscal, imagine o mercado.

Apocalypse soon

Riram quando James Lovelock apresentou a chamada hipótese de Gaia - que a terra é um superorganismo auto-regulado. Hoje, quase todos os cientistas levam a sério suas ideias. Nós também deveríamos.

Esperando acampado

No que depender da boa consciência de Raquel Rolnik, o vão livre do Masp vai continuar acurado por moradores de rua por tempo indeterminado.

Xô, censura

As falas e caras meio encabuladas comprovam: nossos artistas são bem melhores em verso do que em prosa.

Indevassável

Dilma quer saber o que o público acha dela, mas não quer que o público saiba o que ela descobrir.

Pequeno

Chico Buarque diz que os artistas, apesar de famosos, são "pequenos" na briga contra biografias não autorizadas. Uma coisa parece certa: não tem perigo de ele sair dessa briga maior do que entrou.

Sem novidade

Filme já visto e triste: o corporativismo a serviço do atraso, em desserviço da Petrobras e do país.

Tiro na perna

Como o capitalismo vai funcionar sem um mínimo de confiança das pessoas e organizações na proteção dos seus dados e, principalmente, dos seus ativos?

Pesos e medidas

Joaquim Barbosa deu dois argumentos para aumentar os salários dos ministros do STF e de todos os juízes: a remuneração dos colegas de Singapura e a realidade econômica do Brasil. O primeiro é anedótico. O segundo deve ser olhado com mais cuidado.

Pelo fim do voto secreto

Jogar pedra na Câmara em geral vai acertar também os 233 deputados que votaram pela cassação de Donadon.

Esperneando

Se abstrair o atropelamento de direitos civis e da liberdade de imprensa, a correria dos governos atrás de informações vazadas é cômica
Mais posts