Sobre                        Contato                        Arquivo

Coisas do Olavo de Carvalho

Eduardo Graeff, 12/03/05

Ele é candidato a sucessor de Gustavo Corção e Carlos Lacerda no papel de besta-fera da direita. “Até pensei estar lendo o Olavo de Carvalho”, comentou um leitor aqui no e-Agora, sobre uma nota do Antonio Fernandes que apontava o fundo autoritário das práticas do PT no governo. Foi o empurrãozinho que faltava para eu fazer uma visita à página do Olavo de Carvalho no Mídia sem Máscara.

De cara, topei com uma resposta dele a Felipe de Alencastro, que numa palestra ao Council on Foreign Relations disse que nunca ouviu falar no Foro de São Paulo e que “foi um jornalista conhecido como sujeito muito conservador e de extrema direita, que escreve num jornal no Rio, quem começou com toda essa coisa”.

A propósito do Foro de São Paulo, a Veja que saiu hoje traz na capa a notícia de que as FARC prometeram US$5 milhões para candidatos do PT em 2002. (Entregaram? Coitado do José Dirceu. Traído de novo por algum amigo, com certeza…:)

Há uma documentação completa sobre o Foro nesta página do Mídia sem Máscara.

Voltei da visita sem saber se Olavo de Carvalho é de direita. Anti-comunista ele se declara. Podia ter clicado outros artigos para ver, por exemplo, se gosta mais da ordem do que da liberdade, da propriedade do que da justiça, essas coisas de direita-esquerda. Mas não vejo muita graça nisso.

Uma coisa eu posso dizer: besta ele não é. Fera, pode ser. Se não, confira a resposta dele ao Alencastro.


Alencastro, o sábio da Veja
Olavo de Carvalho, Mídia sem Máscara (5/02/05)

·
Twittar   Compartilhar   Enviar   Imprimir  
Comentários anteriores (9)
Emerson Vieira em 14/03/05 às 23:19

Caro,

Não há efeito mais nocivo da guinada do PT ao centro do que o empurrão que ela deu no PSDB rumo à direita.

Elogiar Olavo de Carvalho não deveria ser permitido nem por brincadeira ou desinformação, mas na verdade, e isso é triste, acaba sendo apenas mais um sintoma (espantoso) do conservadorismo em que a tucanada se meteu.

O Olavo e/ou seu site e/ou sua turma defendem o porte de arma (bem ao estilo NRA dos EUA), são visceralmente anti-árabes, pró-Israel e, pior ainda, pró-Bush (ou seja, acham bom um sujeito responsável por umas 150 mil mortes de inocentes); há colaborações de gente que escreve coisas aterradoras sobre Fidel e Chávez (aterradoras principalmente pela paranóia e golpismo que transbordam); e por aí vai.

Mas o sr. Graeff “não achou graça” em se aprofundar no estranho mundo de Olavo e companhia. Talvez, se o tivesse feito, nem o achasse de extrema-direita. Seria mais um sinal dos tempos.

Ricardo Amaral em 15/03/05 às 01:24

Sou obrigado a concordar com o leitor Emerson. Olavo, de cada 10 artigos, em pelo menos 9 cai em histórias conspiratórias da esquerda mundial. Já escreveu artigos brilhantes (como a dissecação do Manual de Redação e Estilo da Veja), em geral quando se atém a seu amplo conhecimento de filosofia, mas é do tipo que acha John Rawls um pensador menor.
Também acha que tudo bem em invadir o Iraque, pois os americanos teriam um sentido civilizatório real em relação à Hussein, mas nenhum pio sobre a Etiópia ou Ruanda. Nesse caso, faz sentido os EUA estarem distantes.
Enfim, ler Olavo de Carvalho é importante, relevante, mas pelos mesmos motivos que se lêem Boff, Sader e sua patota: como visões extremas, por vezes relevantes, mas igualmente obtusas do ponto de vista de soluções/visões do mundo complexo em que vivemos. Espero que o PSDB e partidos sociais-democratas se mantenham longe de Olavo e suas idéias de laissez-faire total e irrestrito, que caberiam bem com Franco e partidários do Estado mínimo.

Em tempo: acho que um dos grandes problemas dos partidos políticos brasileiros (e tomo Graeff por um militante) é achar que o inimigo do meu inimigo é meu amigo. Olavo pode até ser inimigo do PT, mas está longe de ser amigo da social-democracia. O que nos faz lembrar dos apoios dos sociais-democratas à 1a. Guerra Mundial…

José Roberto Amador em 16/03/05 às 14:03

Leio os artigos do Olavo de Carvalho publicados em jornais de circulação nacional. Respeito suas opiniões e sua lógica, embora não concorde com tudo que escreve. Não creio que ele seja leproso ou algo do gênero. Os dois comentários anteriores demonstram um grande preconceito contra o cara e se sustentam apenas com a acusação dele ser de direita. Há algum pecado nisso?

Sergio Rodrigues em 16/03/05 às 21:36

Costumo ler os artigos de Olavo de Carvalho. Julgo-o, de uma inteligência e perspicácia raras.
Claro que não concordo com tudo que ele escreve, porém que merece ser lido, ah, isso merece.

Leandro Teles Rocha em 25/03/05 às 11:34

O filósofo e professor Olavo de Carvalho é o mais importante pensador brasileiro da atualidade. Olavo conquista o leitor por suas idéias vigorosas, expressas numa eloqüência franca e contundente que alia o rigor lógico e a erudição ao mais temível senso de humor. Nas palavras do poeta Bruno Tolentino, “a capacidade de desenterrar do pensamento antigo novas idéias aptas a lançar luz sobre o presente é a marca do verdadeiro erudito; a capacidade de encarar os problemas do presente com aquela coragem radical apta a trazer à luz os fundamentos últimos do conhecimento é a marca de algo mais que o mero filósofo-padrão de hoje em dia.”

Olavo de Carvalho é um iconoclasta de incontornável honestidade intelectual que tomou para si a tarefa ingrata de pôr a nu os falsos prestígios acadêmicos e expôr as falácias do discurso político e intelectual vigente.

A tônica de sua obra é a defesa da interioridade humana contra a tirania da autoridade coletiva, sobretudo quando escorada numa ideologia “científica”. Para Olavo de carvalho existe um vínculo indissolúvel entre a objetividade do conhecimento e a autonomia da consciência individual.

[ http://www.midiasemmascara.org ]

Bayma Kerth Cel EB em 03/04/05 às 22:39

Quando constatei que os jornais brasileiros pouco ou nada noticiaram sobre a Revolução de 31 de Março de 1964, no dia do seu aniversário, senti-me vitorioso por haver marchado com ela e à frente da minha Unidade, o 2o RO 105, Itu, SP, em companhia do meu amigo e colega de Turma, o então Cap Lótus Silva de Paula. Fico imaginando se os jornais que li no dia 31 de Março de 2005 estariam circulando em Cuba ou na China. Gostaria, também, de ver, como noticiado nesta data, sobre Governadores no Brasil, um Governador de Província da República Popular da China indenizando famílias de milhares de dirigentes comunistas e intelectuais divergentes de Mao Tsé-Tung, que foram perseguidos e assassinados pelas Guardas Vermelhas na Revolução Cultural Proletária, a partir de 1966. Muitos daquela Guarda, em 1969, foram, igualmente, perseguidos e mortos. Sobre a liberdade de expressão em Cuba, a Imprensa Mundial já mostrou o que ocorreu naquele País , três anos atrás. Como todas as missões que cumpri nos Governos da Revolução, o fiz, convencido de que lutava para impedir que o Brasil se tornasse uma Ditadura Comunista e, como, até agora, a Historia não mostrou um único País Comunista com liberdade de Imprensa e de Expressão, afirmo, com orgulho, que ajudei a salvar a Democracia que hoje vivemos no Brasil e a manter vivos muitos dos órgãos de Imprensa que, agora, atacam a Revolução.

walber nader em 07/04/05 às 19:03

quando eu leio artigos como os de olavo de carvalho ou comentários como o desse tal bayma kerth (que se não tivesse nascido gente, certamente teria nascido farda ou coturno), fico pensando como a humanidade se supera na sua capacidade de falar besteiras. mas não é problema, afinal eles já andam e falam, esperar que eles também pensem, é querer muito…

Josué de Castro em 19/05/09 às 12:30

Olavo é um mediocre, como filosofo acho ele um zé ninguem, não sei se porque leio Marilena Chaui, Leandro Conder, Miguel Reale (esse sim da Direita intelecutualizada e não um farsante como é Olavo de Carvalho)Gofredo Telles, entre tantos outros, leio até  Carl Schmidt jurista do Nazismo, mas nenhum é tão reacionário, farsante e mentiroso quanto Olavo de Carvalho, ele e seus discípulos vivem falando mal da USP e de outras universidade brasileiras, eu não posso dar credito a alguem que fala mal da USP, que que no passado não tão distante assim era ASTRÓLOGO, é isso mesmo ele confiava nos Astros, abaixo vou colocar algumas besteiras ja pronunciadas por Olavo de Carvalho.

Você sabia que…
A ONU apóia o terrorismo?

Há uma conspiração comunista global e o movimento gay é parte dela?

A Lei da Inércia é falsa e Isaac Newton era burro?

Há livros ensinando crianças fazer sexo oral com elefantes?

O Brasil hoje é uma ditadura comunista?

A mídia apóia os gays para promover o controle populacional?

O marxismo nasceu do satanismo?

Darwin é o pai do nazismo?

A web foi criada para combater o ateísmo?

O ser humano não precisa de cérebro pra viver?

O nazismo e o FMI são de esquerda?

Bill Clinton era um agente de Pequim?

Os EUA entraram no Vietnã para perder?

Há 40 milhões de comunistas no Brasil?

Não há diferença genética entre humanos e chimpanzés na gestação?

O empresariado nunca se organizou politicamente?

A ditadura foi branda e tinha eleições democráticas?

Che Guevara invadiu Angola 8 anos após a sua morte?

O PT é responsável pela morte de 50 mil pessoas por ano?

O General Geisel era comunista?

Lendo as pérolas de sabedoria de Olavo de Carvalho lhe dou razão. Ao menos em uma delas: O ser humano não precisa de cérebro pra viver. Eu sempre prefiro dizer que devemos atacar idéias e não pessoas, e ainda continuo com isso, mas há pessoas que simplesmente chutam o pau da barraca. Eu acho que não vivo no mesmo planeta que ele, talvez essa seja a explicação. Ele deve viver em alguma realidade alternativa.

Daniel Klafke em 10/01/10 às 14:04

Só uma observação sobre a tal critica a olavo de carvalho:

“Há uma documentação completa sobre o Foro nesta página do Mídia sem Máscara.

Voltei da visita sem saber se Olavo de Carvalho é de direita. Anti-comunista ele se declara. Podia ter clicado outros artigos para ver, por exemplo, se gosta mais da ordem (diereita) do que da liberdade (esquerda), da propriedade (direita) do que da justiça (esquerda), essas coisas de direita-esquerda. Mas não vejo muita graça nisso.”

(A hipócrita posição de pseudo superioridade e centrismo de quem tem medo de ir pro bate boca…)

So mentes doutrinadas pela cartilha universitária para não ver as falácias desse texto raso e evasivo.

Cadê a critica? Muito pelo contrario, depois de toda a embromação semântica que tal uma puxadinha no saco de O d C?
No melhor estilo intelectual:

Uma coisa eu posso dizer: besta ele não é. Fera, pode ser. Se não, confira a resposta dele ao Alencastro.

E O d C é meu idolo? Se fosse eu como bom fã deveria me envergonhar de não ter pensado nisso antes.
Mas ta certo, talvez esses intelectuais não estejam dispostos a serem vitimados por uma resposta do Olavo, e eu não os condeno…posar de sabido pra internautas de esquerda é barbada…

O gente mais boba, tchê!

Página 1 de 1

Corrupção de Sarney a Lula

image O ebook Corrupção de Sarney a Lula pode ser baixado gratuitamente em três formatos: PDF (para imprimir), EPUB (para iPad) e MOBI (para Kindle). Uma versão em inglês (capa acima) está a venda na Amazon.com.

Posts recentes


Apocalipse agora e sempre

Minha mulher sonha em visitar Jerusalém. Eu gostaria de acompanha-la. Mas temos medo de ir. E não temos razão para acreditar que o perigo diminua no nosso tempo de vida.

Olho na urna

Na mesma medida em que a derrota do PT vai ficando mais provável, a oposição deveria olhar com mais cuidado a segurança do sistema eletrônico de votação.

Não entre nessa fria

Boas ideias de Aécio Neves em entrevista à Folha. Com uma exceção importante: cinco anos de mandato para todos os cargos com coincidência de mandatos é ruim.

Deu chabu

O Brasil já gastou R$ 918 milhões numa parceria com a Ucrânia para o lançamento de satélites, sem perspectivas de lançar um traque sequer.

Lost in edition

Lendo o título e subtítulo e olhando a foto desta matéria da Economist, dá para pensar que a baixa produtividade da economia tem a ver com a preguiça do trabalhador brasileiro. No texto, a história é outra.

Discutindo a relação

Irene Ravache e Dan Stulbach vibrando e fazendo vibrar uma casa lotada com Meu Deus!, de uma israelense chamada Anat Gov.

De volta às bravatas

De 180 países, 112 cresceram mais que o Brasil em 2012-2013. Inclusive a maioria dos países da América Latina.

Cesáreas forçadas

Qualquer manifestação que rompa o silêncio das autoridades e profissionais da saúde sobre esse a frequência absurda das cesáreas é benvinda.

Flores da clandestinidade

O enfraquecimento político da igreja e o empoderamento das mulheres engrossaram o véu da clandestinidade sobre as escapadas dos padres. No escuro, desejos mais exóticos desabrocharam.

Fisiologismo sem cerimônia

Se nem os aliados do governo no Congresso acreditam nas promessas de austeridade fiscal, imagine o mercado.

Apocalypse soon

Riram quando James Lovelock apresentou a chamada hipótese de Gaia - que a terra é um superorganismo auto-regulado. Hoje, quase todos os cientistas levam a sério suas ideias. Nós também deveríamos.

Esperando acampado

No que depender da boa consciência de Raquel Rolnik, o vão livre do Masp vai continuar acurado por moradores de rua por tempo indeterminado.

Xô, censura

As falas e caras meio encabuladas comprovam: nossos artistas são bem melhores em verso do que em prosa.

Indevassável

Dilma quer saber o que o público acha dela, mas não quer que o público saiba o que ela descobrir.
Mais posts